História da WhiteJets

A WhiteJets, oficialmente WhiteJets Transportes Aéreos, foi uma companhia aérea brasileira especializada em voos “charter” (fretados) que operou entre 2010 e 2014. A empresa foi uma iniciativa do Grupo OMNI Aviation, sediado emAirbus_A310-304,_Whitejets_Transportes_Aereos_JP7004069 Portugal e dedicado a diversas atividades no

setor da aviação, como manutenção de aeronaves e promoção de voos charters, entre outras.

A ideia na base dessa iniciativa empresarial seria aproveitar a dinâmica de forte crescimento econômico que animava o Brasil ao longo da primeira década deste século, num momento em que não existiam ainda sinais de crise no horizonte. A alta do Real facilitava as viagens de turistas do Brasil até aos Estados Unidos e ao Caribe.

O primeiro voo da WhiteJets ocorreu a 12 de Junho de 2010 e ligou o Rio de Janeiro e Campinas/SP (aeroportos Galeão e Viracopos, respectivamente) a Varadero, um popular e paradisíaco destino de férias em Cuba.

Em 2011, a empresa, ainda em fase de expansão, planejava iniciar voos regulares entre o Rio de Janeiro, S. Paulo e o Recife; contudo, esses planos nunca se concretizaram. Para tal poderão ter contribuído as limitações da frota, que nunca chegou a ultrapassar o número de 4 aeronaves Airbus, todas elas com vários anos de utilização prévia por outras companhias.

Ao longo de 2012 surgiram dificuldades financeiras, com notícias dando conta que os funcionários da empresa tinham salários em atraso. Em 2013, a direção anunciou novos planos, com uma mudança de nome e, novamente, a intenção de apostar em voos regulares. Havia a intenção de acrescentar quatro novos aviões e rotas ligando Manaus e Brasília ao Rio e a São Paulo, com preços baixos.

Contudo, em setembro do mesmo ano, a OMNI Aviation fez regressar o único avião a Portugal, deixando a companhia sem meios de se tornar lucrativa. As atividades foram totalmente cessadas em 2014.

Add Comment